EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Bate-papo: Resistência Negra em Movimento

Curta a agenda:
Curta o CEERT:
Bate-papo: Resistência Negra em Movimento / Foto: Divulgação - Reprodução - SESC Santana

Ínicio: 19:00, Quarta, 05 de Fevereiro de 2020
Término: 21:00, Quarta, 19 de Fevereiro de 2020
Local: SESC Santana: Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Santana, São Paulo - SP, 02085-100


Ao longo de três encontros, o público discute, por meio da análise de obras de arte, as múltiplas dimensões das dinâmicas raciais no Brasil e suas repercussões nas mais variadas esferas da vida. A arte visual, nesse contexto, funciona como o vetor de questionamento das relações étnico-raciais no país.

A cada encontro uma obra de arte de um artista negro ou negra torna-se o fio condutor da discussão. Os mediadores apresentam pontos a serem discutidos a partir das obras com a finalidade de estimular o debate público, convidando os participantes a pensarem, em pequenos grupos, soluções e alternativas para os problemas trazidos no debate.

Público-alvo:
Pesquisadores, artistas, educadores, criadores e interessados na temática relações
étnico-raciais.

1º Encontro: Branco também tem raça! Branquitude e poder nos processos de embranquecimento no Brasil.

Obra: Amnésia

Artista: Flávio Cerqueira

2º Encontro: A combinação de opressões: a contribuição das mulheres negras e as realidades [i]mutáveis *.

Obra: Sem título

Artista: Rosana Paulino

*Encontro com a participação de Wallessandra Souza Rodrigues.

3º Encontro: Necropolítica à brasileira: a violência como estética da relação

Estado-populações negras.

Obra: Monumento às bandeiras

Artista: Jaime Laureano

Local: SESC Santana - Av. Luiz Dumont Villares, 579 - Santana, São Paulo - SP, 02085-100

 

Sobre os mediadores:

Deri Andrade é graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Tiradentes (Maceió/AL), pós-graduado em Educação, Cultura e Relações Étnico-Raciais pelo Centro de Estudos Latino Americanos sobre Cultura e Comunicação da ECA – USP. Pesquisador de arte afro-brasileira desenvolveu o Projeto Afro, plataforma de mapeamento e catalogação de artistas negras e negros, em âmbito nacional. Tem experiência na área cultural colaborando com locais como Unibes Cultural e Instituto Brincante. Atualmente integra a equipe de comunicação do Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM.

Leonardo Fabri é Sociólogo e Cientista Político, formado pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP e Mestrando em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas - EAESP FGV. Cursou Produção Cultural na Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP e Arte Dramática no Senac Lapa Scipião. Atuou como pesquisador na Oxford University Press do Brasil, Fundação Perseu Abramo e no Laboratório de Educação. Como Relações Institucionais e produtor, teve passagem pela Editora Boitempo e pelo Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades – CEERT.

Wallessandra Souza Rodrigues (Wally Rods) é cientista social, graduada pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP e mestranda em Ciências Humanas e Sociais na Universidade Federal do ABC – UFABC. Pesquisadora no grupo Resistências: Controle, memória e Interseccionalidades da UFABC. Atua como professora voluntária de Sociologia em cursinho livre e educadora voluntária em roda de leitura em presídio feminino.

Deck do Jardim.

Entrega de senhas no local com 30 minutos de antecedência.

Curta a agenda:
Curta o CEERT: