EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Doodle do Google celebra o mbira, instrumento musical do Zimbábue

Autor: Renê Fraga Data da postagem: 12:00 22/05/2020 Visualizacões: 444
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Doodle do Google celebra o mbira, instrumento musical do Zimbábue/Reprodução: Google Discovery

O Google está celebrando o mbira, instrumento musical do Zimbábue, com um Doodle interativo em sua página inicial.

“O Doodle celebra o instrumento nacional do Zimbábue, o mbira, no momento em que a Semana da Cultura do Zimbábue começa”, disse a empresa.

“Tente sua própria mão neste instrumento que foi tocado por mais de 1.000 anos, enquanto experimenta uma história contada pelas lentes de uma garota do Zimbábue que aprende a tocar o mbira”.

História do mbira

Originário da África Austral, o mbira há muito tempo desempenha um papel integral nas tradições e na identidade cultural do povo Xona do Zimbábue. 

Consiste em uma placa de som de madeira (gwariva) afixada com uma série de teclas finas de metal, que são tocadas com os polegares e indicador. 

Uma grande peça oca (deze) fornece a amplificação, e materiais como tampas de garrafas podem ser afixados na placa de som para criar o zumbido exclusivo do instrumento.

A música tocada no instrumento, também chamada mbira, geralmente consiste em duas ou mais partes cíclicas e interligadas, marcadas pela complexidade polirrítmica. 

As músicas se prestam à improvisação, então não há duas performances exatamente iguais. 

O instrumento aparece com destaque em uma variedade de cerimônias Xona, e continua sendo um elo vital com o passado através de músicas que foram transmitidas ao longo de centenas de anos. 

Enquanto o mbira era tradicionalmente tocado por homens, as mulheres do Zimbábue adotaram cada vez mais o instrumento nos últimos anos e continuam a pressionar seu som atemporal em direções novas e contemporâneas. 

?Toque o instrumento musical africano mbira no link:? https://g.co/doodle/w43afnc

Ouça as músicas gravadas no processo de criação do Doodle:

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: