EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Repórter da Globo fala sobre sua infância em post emocionante

Autor: Redação Notícias Ao Minuto Data da postagem: 16:00 17/04/2017 Visualizacões: 1990
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Repórter da Globo fala sobre sua infância em post emocionante / Foto: Reprodução - Notícias Ao Minuto

O repórter Manoel Soares, hoje contratado pelo programa "Encontro com Fátima", contou sobre sua infância em post nas redes sociais

Uma infância marcada pela pobreza. Mal tinha um teto para chamar de seu. Chegou a ser despejado com seus três irmãos algumas vezes. Mas a empregada doméstica Ivanete, mãe de Manoel Soares, hoje jornalista contratado da Rede Globo, é a merecedora do crachá de repórter do programa "Encontro com Fátima".

"Quando peguei esse crachá um filme passou na minha cabeça", contou Manoel, em sua conta nas redes sociais. Ele disse que, apesar de não ter televisão em casa, quando criança, esperava ansiosamente a mãe chegar em casa, após horas de trabalho, para ouvi-la cantar. No post, ele também comentou sobre o futuro nada previsível. "Não sonhava em trabalhar na TV. Aliás, só ouvíamos a televisão da vizinha, nossa diversão era ouvir as falas da novela 'Que Rei Sou Eu?'".

Hoje, contratado da "Plim Plim", ele dá um "rolê" pelo Projac, lugar onde a novela que escutava da vizinha foi gravada. O passado, ainda forte na vida de Manoel, é relembrado no presente. Ele comentou até de como era seu cabelo, na época em que era estudante do Ensino Fundamental. "Quando peguei piolho e minha professora mandou raspar a cabeça minha mãe disse que ia passar veneno, porque ela gostava de nosso Black Power, o mesmo Black Power que hoje está no crachá da Globo",

Sobre a contratação na Globo, ele enfatizou que vai honrar dona Ivanete. "Vou fazer na Globo o que minha mãe fazia nas faxinas: o meu melhor. Quero dedicar esse crachá para Dona Ivanete, minha mãe, porque a fruta nunca cai longe do pé", finalizou o post, que já tem mais de dez mil curtidas e 1,2 mil compartilhamentos.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: