EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Cinco podcasts com temáticas negras para conhecer em 2021

Autor: Jaiane Souza Data da postagem: 12:00 13/01/2021 Visualizacões: 56
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Cinco podcasts com temáticas negras para conhecer em 2021/Reprodução: Culturadoria

Narrativas sobre games, personalidades que marcaram a história, da atualidade até sobre paternidade. Confira dicas para expandir horizontes neste ano.

Nós sempre indicamos aqui os podcasts que estamos ouvindo, né? Já falamos de podcasts mineiros, dicas de produções sobre cultura para ficar antenado e até uma análise de Praia dos Ossos. Esse último reconstitui o assassinato de Ângela Diniz, morta em Búzios. Por isso, chegou a hora de expandir ainda mais e a dica da vez são podcasts com temáticas negras.

De cultura pop a paternidade negra, confira produções com temática fundamental para conhecer este ano. 

Negra Voz Podcast

Criado pelo jornalista Tiago Rogero, repórter d’O Globo, a produção conta a história negra do Brasil que não está nos livros. Para isso, fala da herança africana e de grandes feitos de negros e negras do passado e do presente. Por exemplo, o primeiro episódio foi uma entrevista inédita com Ruth de Souza, primeira atriz brasileira indicada a um prêmio internacional de cinema. E logo no Festival de Cannes!

O mais interessante nessa produção é o diálogo entre passado e presente dentro de cada episódio. No mesmo programa de Dona Ruth, por exemplo, participou o ator e diretor Rodrigo França. Além disso, em outro, na entrevista com Conceição Evaristo, foi evocada a história de Maria Firmina dos Reis, a primeira autora negra a publicar um livro em todos os países de língua portuguesa. 

Ouça aqui

Tiago Rogero também é o autor do podcast Vidas Negras, original do Spotify e produzido pela Rádio Novelo. Em suma, o jornalista analisa e entrelaça a trajetória e a obra de personalidades da história e da atualidade.  

Ouça aqui

Meteora

Sob a ótica da mulher negra e da diversidade o podcast dá voz a pessoas invizibilizadas para contar histórias que, por muito tempo, foram escondidas. Com esse propósito, a jornalista Cris Guterres e a publicitária Renata Hilário já falaram sobre violência doméstica, educação política e empreendedorismo. Em vários episódios receberam Dona Jacira e fizeram até especiais com outros podcasters negros. 

Ouça aqui

Afetos

As comunicadoras Gabi Oliveira e Karina Viana falam “sobre tudo que nos afeta, aproximando pessoas por meio do que nos sensibiliza”. É uma opção interessante para entender e refletir junto com as criadoras sobre a subjetividade e os sentimentos, principalmente das mulheres negras. As conversas, com ar descontraído, passam por um leque gigante de temas. Entre eles perdão, pressão estética, a relação com o dinheiro, o envelhecer e a insegurança. Destaque para um dos episódios mais recentes, intitulado “Tá todo mundo mal”. Nele, as apresentadoras falam sobre oscilações de humor, apatia, falta de concentração e outras reações. Ou seja, reações comuns em tempos nos quais a cobrança por produtividade é ainda maior.

Ouça aqui.     

O lado negro da força

Quadrinhos, cinema, séries, animes, mangá e cultura pop! O podcast aborda tudo isso e muito mais a partir da perspectiva de nerds negros. A produção faz parte da revista digital de mesmo nome criada em 2014 e desenvolvida pelo artista Augusto Oliveira, editor chefe e host do podcast. A ideia surgiu a partir da necessidade urgente de representatividade negra na cultura pop. Sendo assim, com bom humor e linguagem informal, e revista “problematiza e exalta a experiência negra em todas as mídias criando um paralelo entre a ancestralidade e o Afrofuturismo”.

Ouça aqui o podcast acesse a revista digital aqui

AfroPai

Este é o primeiro podcast sobre paternidade negra do Brasil. Por isso, além de tratar de um assunto muito importante, que é a paternidade, o programa ainda fala do ponto de vista da negritude. Em resumo, quais são as angústias, os medos e as experiências dos pais negros? Além disso, o podcast faz parte do portal Paizinho Vírgula, que fala sobre todo o universo de criação e educação dos filhos. Em AfroPai são tratadas questões como o brincar, colorismo, abandono paterno e ancestralidade. 

Ouça aqui. 

 
Curta a nóticia:
Curta o CEERT: