Prêmio reconhece ações que promovem empregos e participação política da juventude

Autor: Redação Nações Unidas Data da postagem: 12:00 02/10/2019 Visualizacões: 296
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
O prêmio reconhece leis, políticas e estruturas legais que permitem a jovens desenvolver todo o seu potencial / Foto: PNUD - Reprodução - Nações Unidas

Em 2019, o Prêmio de Políticas para o Futuro destacará as políticas mais impactantes que promovem o acesso da juventude a empregos decentes no mundo, incluindo empregos verdes, e aprimoram a participação cívica e política para o desenvolvimento sustentável e a paz.

O prêmio reconhece leis, políticas e estruturas legais que permitem a jovens desenvolver todo o seu potencial, realizar seus sonhos e contribuir para o sucesso da Agenda 2030 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Reconhecendo os desafios do desemprego e da falta de participação política da juventude, é essencial capacitar jovens para gerar impacto significativo no desenvolvimento sustentável.

No total, foram indicadas 67 políticas de 36 países, em nível regional e internacional. A candidatura representante do Brasil foi o Programa PIA-PISA, de Pitanga, no Paraná.

Um júri de especialistas internacionais foi convocado para deliberar sobre os principais candidatos e candidatas, e as oito iniciativas a seguir foram pré-selecionadas como as políticas mais impactantes na capacitação de jovens:

Estônia: Plano de Desenvolvimento da Juventude do Campo

Europa: Co-gestão do Setor da Juventude do Conselho da Europa

Nepal: Constituição

Ruanda: Iniciativa YouthConnekt

Reino Unido, Escócia: Desenvolvendo a Força de Trabalho da Juventude

Senegal: Estratégia Nacional de Promoçã de Empregos Verdes

África do Sul: Programa Expandido de Obras Públicas

Estados Unidos, Los Angeles: New Deal Verde

Com sua abordagem holística e impacto impressionante, essas oito políticas e estruturas jurídicas criam ambientes propícios ao empoderamento da juventude, ajudam a alcançar as ambições da Agenda 2030 e contribuem diretamente para vários ODS. Elas promovem o acesso de jovens a empregos decentes e sustentáveis ??e aprimoram sua participação cívica e política para o desenvolvimento sustentável e a paz.

As iniciativas vencedoras do Prêmio de Políticas para o Futuro deste ano serão anunciadas em 15 de outubro e celebradas durante a 141ª Assembleia da União Interparlamentar, realizada em 16 de outubro em Belgrado, na Sérvia.

O Prêmio de Políticas para o Futuro de 2019 é organizado pelo World Future Council, pela União Interparlamentar (UIP) e pelo PNUD, com o apoio do Gabinete da Enviada do Secretário-Geral das Nações Unidas para a Juventude, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Fundação Michael Otto e da Fundação Jua.

“O Prêmio de Políticas para o Futuro mostra maneiras inovadoras de romper barreiras em áreas críticas, como o desemprego juvenil, e ajuda a libertar os grandes talentos de jovens mulheres e homens”, disse o administrador do PNUD e vice-presidente do Grupo de Desenvolvimento Sustentável da ONU, Achim Steiner.

“Dar luz a essas iniciativas excepcionais da juventude pode permitir que elas sejam traduzidas para contextos de outros países – ajudando, assim, a impulsionar o desenvolvimento sustentável.”

“Metade da população mundial tem menos de 30 anos, mas apenas 2% dos membros de parlamentos estão nessa faixa etária”, afirmou o secretário-geral da UIP, Martin Chungong.

“Um dos principais objetivos da UIP é empoderar a juventude, trazendo mais jovens ao parlamento, para garantir instituições democráticas mais fortes, mais representativas e voltadas para o futuro. Essas políticas e leis pré-selecionadas mostram que existem muitas grandes iniciativas em todo o mundo que podem servir de exemplo para outros países aproveitarem o potencial da juventude.”

“Desafios interconectados – desemprego, conflitos, crise climática – ameaçam o meio ambiente, o bem-estar humano e o futuro de nossa juventude. Devemos agir antes que seja tarde demais”, afirmou a diretora-executiva do World Future Council, Alexandra Wandel.

“Mas há esperança: essas oito soluções mostram como podemos efetivamente transformar nossos sistemas sociais e políticos para melhor apoiar a juventude como poderosa agente de mudança. O World Future Council espera celebrar essas políticas, promovendo o empoderamento da juventude pelo interesse das gerações presentes e futuras e compartilhando suas histórias de sucesso. Todos nós podemos – e devemos – aprender com ela.”

Clique aqui para consultar as políticas pré-selecionadas.

Mais informações sobre a edição deste ano do Prêmio de Políticas para o Futuro estão disponíveis neste link.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: