EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Seminário Internacional debate relações raciais na infância, com foco em educação, direito e saúde

Autor: Bruna Ribeiro Data da postagem: 10:00 23/04/2021 Visualizacões: 374
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Seminário Internacional Racismo e Infância: impactos, desafios e perspectivas/Imagem: CEERT

Realizado de 22 a 24 de março, o Seminário Internacional Racismo e Infância: impactos, desafios e perspectivas debateu as relações raciais na infância, com foco nas áreas de educação, direito e saúde. O evento foi online e organizado pelo Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT), em parceria com a Porticus América Latina. 

Entre as temáticas abordadas nas mesas estão: impactos do racismo para o desenvolvimento infantil; o estado da arte sobre racismo e infância no Brasil; as manifestações de racismo nas instituições de educação infantil; a formação de professores/as para o enfrentamento ao racismo e o papel da sociedade civil e dos gestores públicos na garantia de uma educação para as relações étnico – raciais.

Confira as principais falas de cada dia:

Dia 1 (Clique aqui para ler a cobertura deste dia)

Tema:

As pesquisas sobre infância e racismo: panorama do debate científico

Palestrantes:

Natalie Slopen: Professora assistente de Ciências Sociais e Comportamentais na Harvard T. H. Chan School of Public Health (Escola de Saúde Pública Harvard T. H. Chan) e membro do corpo docente afiliado do Center for the Developing Child (Centro para a Criança em Desenvolvimento) da Universidade de Harvard.

 

Luciana Alves: Gestora de projetos educacionais no Ceert e diretora de escola na Unifesp. Desenvolve pesquisas na área de educação e relações raciais, é autora do livro Ser Branco, publicado pela editora Hucitec.

 

Benilda Brito: É ativista dos Movimentos feminista e Negro desde a década de 80. Participa do N’zinga Coletivo de Mulheres Negras de Belo Horizonte, é integrante titular na Plataforma DHESCA (Direitos Humanos, Econômicos, Sociais e Ambientais). Membro titular do Grupo Assessor da Sociedade Civil da ONU Mulheres. Integra a Executiva do FOPIR – Fórum Permanente de Igualdade Racial.

Dia 2 (Clique aqui para ler a cobertura deste dia)

Tema:

Racismo na Infância: experiências vividas por crianças pequenas

Palestrantes:

Caroline Jango: Doutora e mestre em Educação pela Unicamp, autora do livro “Aqui tem Racismo: um estudo das representações sociais e das identidades das crianças negras na escola”. Pedagoga do Instituto Federal de São Paulo (IFSP) – Campus Hortolândia e membra fundadora do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do IFSP.

 

Flávio Santiago: Doutor em Educação pelo programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação – UNICAMP (2019), Mestre também pelo programa de Pós-graduação em Educação da Faculdade de Educação – UNICAMP (2014) e licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal de São Carlos (2011). Durante o doutoramento, realizou estágio sanduíche na Università degli Studi di Milano-Bicocca – Itália.

 

Cristina Teodoro: Doutora e mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Graduada em Pedagogia. Professora da Adjunta Efetiva da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), responsável pelo componente curricular Educação Infantil nos países da Integração e prática de estágio na Educação Infantil.

Dia 3 (Clique aqui para ler a cobertura deste dia)

Tema:

Enfrentamento ao racismo nas instituições da infância: o papel do poder público

Palestrantes:

Waldete Tristão: Doutora pela USP e mestre pela PUC-SP. Professora do Instituto Singularidades, em São Paulo. Foi professora e coordenadora pedagógica na educação infantil paulistana. É consultora em educação e relações raciais no Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT).

 

Daniel Teixeira: Advogado, especializado em Direitos Difusos e Coletivos pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP); diretor de projetos do CEERT – Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades; foi “Visiting Scholar” da Faculdade de Direito da Universidade de Columbia, em Nova Iorque; e Fellow do Public Interest Law Institute – Budapeste.

 

Luciana Alves: Gestora de projetos educacionais no Ceert e diretora de escola na Unifesp. Desenvolve pesquisas na área de educação e relações raciais, é autora do livro Ser Branco, publicado pela editora Hucitec.

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: