EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Adolescentes discutem direito ao esporte seguro e inclusivo e legado social da Copa

Autor: Karol Assunção - Adital Data da postagem: 16:22 30/03/2012 Visualizacões: 559
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Adolescentes e jovens brasileiros querem discutir e apresentar propostas para o legado social de megaeventos esportivos. Para isso, realizam encontros com a presença de representantes sociais e governamentais para debater o assunto. As atividades fazem parte das ações da Rede de Adolescentes e Jovens pelo Esporte (Rejupe) nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014. Nesta quinta-feira (29), integrantes da Rejupe debateram a questão em Recife (PE) e em São Paulo (SP). De acordo com Adriana Alvarenga, coordenadora da Rejupe em São Paulo pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a intenção dos encontros é articular a Rede nos estados, assim como promover a integração de adolescentes e jovens em espaços de discussão de políticas públicas voltadas para o esporte. O momento não poderia ser mais oportuno. Enquanto o país se prepara para os megaeventos esportivos, como a Copa das Confederações de 2013, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, os/as adolescentes querem saber quais as estratégias voltadas para o incentivo e a garantia do direito ao esporte. "Estamos aproveitando o movimento para [discutir] a importância do direito de crianças e adolescentes ao esporte seguro e inclusivo”, comenta Adriana. Nesta quinta-feira, por exemplo, adolescentes e jovens se reuniram na Agência de Regulação de Pernambuco (Arpe), em Recife (PE), para o I Encontro da Rejupe de Recife. Em São Paulo (SP), o I Encontro Paulistano de Adolescentes pelo Direito ao Esporte Seguro e Inclusivo ocorreu no Auditório do Centro Olímpico com a participação de cerca de 30 adolescentes. Nas duas capitais, jovens e sociedade civil tiveram a oportunidade de debater com representantes municipais e estaduais de órgãos ligados à questão da Copa para saber o que os governos planejam para a herança social do megaevento. A intenção é que os/as adolescentes depois elaborem algumas propostas e encaminhem para as autoridades. Os dois encontros desta quinta-feira fazem parte do calendário de atividades da Rejupe. A ideia é que as reuniões aconteçam nas 12 cidades-sede da Copa para discutir sobre a ampliação do esporte e ainda estruturar a Rede em âmbito local. As próximas ações estão previstas para acontecer em: Cuiabá (MT), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Natal (RN), Curitiba (PR) e Nova Hamburgo – subsede de Porto Alegre (RS). Rejupe Lançada em abril de 2011 durante do Encontro Nacional de Adolescentes pelo Direito ao Esporte Seguro e Inclusivo, a Rede Juvenil pelo Esporte (Rejupe) é uma articulação nacional de adolescentes e jovens que lutam pela defesa e promoção do esporte no país. Com informações de Unicef. Fonte: Adital

Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Fonte:

Categoria: Datas & eventos

Tags: #Outros