Chamada Pública: ReIntegrar com equidade de raça e gênero para egressos do sistema carcerário ACESSAR

Conferência de Durban completa 20 anos: conheça o documento e seus avanços

Autor: Bruna Ribeiro Data da postagem: 13:00 08/09/2021 Visualizacões: 346
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Conferência de Durban completa 20 anos/Imagem: CEERT

A Conferência Mundial contra o Racismo, Xenofobia e Intolerâncias Correlatas, realizada há 20 anos em Durban, na África do Sul, foi um divisor de águas no tratamento do racismo no Brasil.  

Entre os dias 31 de agosto e 8 de setembro daquele ano, 173 países, 4 mil organizações não governamentais (ONGs) e um total de mais de 16 mil participantes discutiram temas urgentes e polêmicos. O Brasil estava presente com a maior delegação do mundo, com 42 delegados e cinco assessores técnicos. 

O CEERT fez parte do momento histórico, com a participação dos diretores Cida Bento, Daniel Teixeira e Mario Rogério. A equipe integrou a mobilização brasileira desde as conferências regionais preparatórias, promovidas nas cinco regiões do país, além de participar dos  debates junto a países da América Latina e da África, até chegar ao encontro mundial.

A Declaração de Durban influenciou diversas áreas no Brasil e comprometeu o país na implementação de políticas de combate ao racismo e à promoção da equidade racial, inspirando também as leis criadas posteriormente. 

O documento também insta as organizações governamentais e não-governamentais, as instituições acadêmicas e o setor privado a coletarem o dado cor/raça. Tornam-se mais visíveis estudos a respeito das condições de vida da população negra, favorecendo o monitoramento de desigualdades e o desenho de políticas públicas.

Além disso, foi realizada a elaboração do Estatuto da Igualdade Racial, mostrando ao mundo a importância de criar mecanismos de erradicação de todas as formas de preconceito.

Para saber mais sobre a Declaração de Durban, clique aqui

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: