Sábios indígenas e afrodescendentes irão ministrar disciplina em universidade gaúcha

Autor: Mari Dutra Data da postagem: 11:30 03/08/2016 Visualizacões: 75337
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Se muitas faculdades ainda cobram mestrados e doutorados mil para que um professor coloque os pés em sala de aula, esta universidade está mostrando que há conhecimentos muito mais importantes para serem passados aos alunos.

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) irá oferecer a disciplina Encontro de Saberes, aberta a todos os alunos da graduação, que será ministrada por sábios indígenas e afrodescendentes. À frente das aulas estarão pessoas que adquiriram seu conhecimento da melhor maneira possível: vivendo intensamente sua cultura.

Entre os professores estão o cantor de samba Jorge Domingos; a ativista ligada à cultura quilombola e afro-brasileira Maria Elaine Rodrigues Espíndola; a líder espiritual Kaingang Iracema Rã-Nga Nascimento; e o guarani-mbyá Maurício Messa de Oliveira, cacique na aldeia Tekoá Kaaguy Mirim.

ira

Foto: Ramon Moser / Foto destaque via

Além destes, um grupo de professores da universidade irá reforçar o diálogo entre estes diferentes saberes. A disciplina está ligada ao curso de música, mas qualquer estudante de graduação matriculado na universidade pode se inscrever para assistir às aulas, que serão oferecidas pela primeira vez neste semestre.

Ao todo, a disciplina irá contar com quatro módulos de 16 horas/aula: Alimento e Rito; Plantas e Espírito; Artes Aplicadas; e Sociedades e Cosmovisões. Para saber mais, clique aqui.

Leia também:

Metade dos jovens depende de programas do governo para cursar universidade

Esta escola criou um programa para educar meninos fora da cultura do machismo

A professora que usou funk para ensinar Marx (e acabou repreendida)

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: