EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Literatura Antirracista para crianças é tema de Festa Literária Internacional

Autor: Ramon Barros Data da postagem: 14:00 17/02/2021 Visualizacões: 202
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Literatura Antirracista para crianças é tema de Festa Literária Internacional/Reprodução: Jornal Fato

O tema será abordado numa mesa de debate, totalmente online, por meio videoconferência, com transmissão ao vivo no site do evento e canal do Youtube, que acontecerá no terceiro dia do evento (18), as 17 horas.

Para contribuir e potencializar a visibilidade da cultura negra na região e valorizar a literatura antirracista, a 1ª Festa Literária Internacional de Vargem Alta trará em sua programação diversos assuntos, entre eles a literatura antirracista para crianças.

O tema será abordado numa mesa de debate, totalmente online, por meio videoconferência, com transmissão ao vivo no site do evento e canal do Youtube, que acontecerá no terceiro dia do evento (18), as 17 horas.

A mediadora do debate será a escritora e atriz, Suely Bispo, que é formada em História e Mestre em Estudos Literários pela UFES e atualmente é curadora da Pretaria Blackbooks, 1º clube de assinantes de Literatura Antirracista do Brasil.

Participaram da discursão da temática, Claudia Kalhoefer, que é mãe de três, educadora parental, escritora infantil e colunista do mães mundo afora, formada em enfermagem e direito. E a Professora de Educação das Relações Étnico-Raciais da Ufes, Débora Araújo.

A proposta da mesa é debater formas de escritas literárias para crianças que estão engajadas com questões de uma desconstrução estereotipada da infância, para tanto essa discussão é voltada á uma prática antirracista na literatura infantil de forma a mostrar uma infância mais plural e diversa. Num país como o Brasil, em que a maior parte da população é negra, a existência de personagens negros, bem como a referências a temas da cultura negra nas produções da literatura infantil, ainda, são mínimos ou nenhuma, é necessário entender que representatividade importa na formação identitária de nossas crianças. Nesse contexto a proposta ainda desse debate é exemplificar com escritores e produções brasileiras que trabalhem com este tema.

O debate é voltado para educadores e interessados em geral.

A 1ª Festa Literária Internacional de Vargem Alta é uma realização do Coletivo Campo Aberto e da empresa PAISAGEM e foi contemplado no Edital do Inciso III - Artes Integradas promovido pela Secretaria de Cultura do Espírito Santo através de recursos da Lei Aldir Blanc, via Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo e Governo Federal.

Serviço:

LITERALTA - Festa Literária Internacional de Vargem Alta

Dias: 16 a 21 de fevereiro de 2021

Evento: Online

Site: www.literalta.com

Público-alvo: escritores, educadores e interessados em geral.

Inscrições Abertas e Gratuitas

Redes Sociais

www.instagram.com/festa.literalta

www.twitter.com/literalta

www.facebook.com/literalta

https://www.youtube.com/channel/UC4WLLQjRfYyQjpb9oU0norA

Biografia dos participantes da mesa de debate

Suely Bispo

Formada em História e Mestre em Estudos Literários pela UFES. Atriz de Teatro, Cinema e TV, foi homenageada no 9º Festival Cine Congo, na Paraíba, 2017, na 13ª Mostra de Produção Independente da ABD Capixaba (2018), e no Festival de Cinema Araçá, do Centro de Cultura Araçá, em São Mateus. É escritora, autora de Desnudalmas (2009), Lágrima fora do lugar (2016) e Resistência negra na Grande Vitória: dos quilombos ao movimento negro 2ª ed. (no prelo). Atualmente é curadora da Pretaria Blackbooks, 1º clube de assinantes de Literatura Antirracista do Brasil. 

Claudia Kalhoefer

Claudia é mineira, mas tem dupla cidadania (brasileira e americana). Formada em enfermagem e direito, trabalhou como Supervisora de Enfermagem em Uti-Neonatal e Pediatria em renomados hospitais no Brasil, como Hospital São Paulo e Instituto da Criança (Hospital das Clínicas). Casada há onze anos, mãe de três crianças preciosas: Noah, Agatha e Alice, vive no Colorado, EUA. Atualmente, é educadora parental certificada pela positive discipline association, escritora infantil com o livro: As Princesas Encaracoladas, coach de mães, colunista do mães mundo afora e criadora do instablog materno @myprecious_kids e Canal no Youtube My Precious Kids.

Débora Araújo

É pesquisadora de temas relacionados à literatura infantil e relações étnico-raciais. É doutora em Educação pela Universidade Federal do Paraná e professora da disciplina de Educação das Relações Étnico-Raciais na Universidade Federal do Espírito Santo, além de atuar como docente permanente do Programa de Pós-Graduação de Mestrado Profissional em Educação. Coordena o LitERÊtura - Grupo de estudos e pesquisas em diversidade étnico-racial, literatura infantil e demais produtos culturais para as infâncias.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: