Educação Básica - Projetos e Artigos científicos ACESSAR

Jovens do Prosseguir são aprovados em intercâmbios universitários

Autor: Bruna Ribeiro Data da postagem: 17:00 27/09/2021 Visualizacões: 227
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Jadson Silva Oliveira de Jesus, 23 anos, participante da edição de 2020 do Prosseguir/Foto: Arquivo Pessoal

Há três anos, o programa Prosseguir visa promover a permanência e êxito de estudantes negrxs nas universidades e também evidenciar e desenvolver lideranças. Mas a experiência do programa vai muito além do desenvolvimento acadêmico. Participantes relatam que as aulas e vivências em grupo geram fortalecimento pessoal, além do suporte financeiro e do curso de inglês. Como resultado desse “combo”, participantes do programa obtiveram aprovação em intercâmbios universitários e também já miram outras oportunidades fora do país.

É o caso de Gabrielly Sadovski, 22 anos, aluna do Prosseguir nos anos de 2019 e 2020. Atualmente a estudante participa de um intercâmbio na Corvinus University of Budapest, na capital da Hungria. Gabrielly cursa o 8° semestre de Administração Pública, na Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), conveniada à universidade húngara.

Gabrielly Sadovski, 22 anos, aluna do Prosseguir nos anos de 2019 e 2020/Foto: Arquivo Pessoal

Para conseguir viajar, a estudante fez uma vaquinha virtual e também juntou dinheiro do estágio, que conseguiu após participar do Prosseguir. “A bolsa do programa também me ajudou muito, pois precisei fazer os exames de proficiência em inglês para me inscrever no intercâmbio na época e isso custa muito caro. Sem o Prosseguir, eu não teria feito essa prova. A participação no programa também foi essencial para que eu acreditasse em mim mesma e que seria possívell”, conta.

Segundo Gabrielly, a experiência no Prosseguir foi enriquecedora, por possibilitar o contato com pessoas negras de diversas áreas do conhecimento, aprofundando discussões sobre equidade racial e conhecendo referências que ocupam espaços de poder e tomam decisões.

“Minha experiência no intercâmbio também está sendo incrível. Conviver em um ambiente onde se fala inglês quase que completamente e ser desafiada a desenvolver trabalhos no idioma com nível de excelência acadêmica tem sido muito enriquecedor”, conta a estudante. 

Malas prontas

Participante da edição de 2020 do Prosseguir, Jadson Silva Oliveira de Jesus, de 23 anos, está preparando as malas para um intercâmbio na Pole Universitaire Leonard De Vinci, em Paris, na França, para estudar temas ligados à Engenharia e Negócios durante um semestre. Jadson cursa o 8° semestre de Engenharia no Insper, em São Paulo. Assim como Gabrielly, também usou o dinheiro da bolsa do Prosseguir para tirar a certificação em inglês.

“A formação dos estudantes ao longo da jornada acadêmica faz toda diferença. Os encontros que tínhamos aos sábados traziam temas muito pertinentes relacionados à profissão e à academia, além de um cunho mais psicológico. Eu já vinha em uma jornada de aprender mais sobre o movimento negro e negritude, mas o Prosseguir me deu subsídios teóricos e também me presenteou com grandes amigos e minha namorada”, elogia Jadson.

Sonho para o futuro

Estudante do quarto ano de Ciências da Computação na Faculdade São Judas Tadeu, em São Paulo, Manuela Bernadino, 21 anos, sonha em estudar no exterior. Ela ingressou no Prosseguir em 2020 e renovou a bolsa em 2021. Pretende fazer um intercâmbio focado no aprimoramento do inglês, além de uma pós-graduação.

Manuela Bernadino, 21 anos, participante da edição de 2020 do Prosseguir/Foto: Arquivo Pessoal

 

“O Prosseguir me permite criar novas conexões e me ajuda a continuar na faculdade, assim como me proporciona o curso de inglês. Sou muito grata não somente pelo apoio financeiro, mas também pelo apoio emocional e pessoal. A mentoria está me ajudando muito na construção da ManuFacilita, projeto que criei com a meta de empoderar financeiramente jovens periféricos”, conta.

Sobre o Prosseguir

Neste ano, o Prosseguir conta com 80 bolsas mensais no valor de 600 reais, além de atividades formativas, com enfoque em liderança, preparação para o trabalho, equidade racial, saúde mental e curso de inglês, para estudantes negrxs que cursam a modalidade presencial de cursos de graduação, em São Paulo, Salvador e Rio de Janeiro. Os encontros formativos acontecem aos sábados, com foco no mercado de trabalho e em relações raciais. 

Prosseguir Trajetórias

Em 2021, o Prosseguir Trajetórias se soma ao programa convencional com mais 30 estudantes com direito a mentoria, encontros coletivos, apoio financeiro e curso de inglês. A nova edição é voltada para pessoas que já cumpriram dois ciclos formativos do Prosseguir nas turmas regulares, atendendo à demanda da juventude negra com relação à entrada qualificada no mundo do trabalho.

Segundo Daniel Teixeira, diretor-executivo do CEERT, diversos estudos apontam para a importância da mentoria para profissionais negrxs em termos de ascensão, mas também início de carreira.

O público das turmas regulares do Prosseguir é composto por estudantes universitários negrxs e de baixa renda, que recebem bolsas e cursos. O Prosseguir Trajetórias vem como complemento às atividades tradicionais, atendendo a estudantes recém-formados ou nos anos finais.

A primeira turma é composta por 30 estudantes que mais se destacaram durante o programa regular, com bolsa de R$600 mensais, durante oito meses. Também é ofertado um curso de inglês online, em parceria com a escola Education First.

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: