Chamada Pública: ReIntegrar com equidade de raça e gênero para egressos do sistema carcerário ACESSAR

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo da 4a edição do Programa Prosseguir

Autor: Bruna Ribeiro Data da postagem: 13:00 17/11/2021 Visualizacões: 1281
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Bolsistas da 1ª edição do Programa Prosseguir em São Paulo/Imagem: CEERT

Serão 80 bolsas para estudantes negras e negros já matriculados na modalidade presencial de cursos de graduação e residentes nas regiões metropolitanas São Paulo (SP), Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ).

Idealizado pelo CEERT, o Programa Prosseguir tem o objetivo de desenvolver futuras lideranças negras, apoiando universitários de baixa renda, por meio de estratégias de fortalecimento e permanência acadêmica, além de promover o ingresso qualificado no mundo do trabalho.

Além de considerar a dimensão de capacidades e habilidades, o Prosseguir tem como princípio orientador o pleno desenvolvimento das pessoas que participam da iniciativa. 

O Programa oferecerá 80 bolsas no valor de R$ 600 reais por mês, além de uma formação extracurricular que inclui elementos variados, considerando desde aspectos socioemocionais até desenvolvimento de capacidades de liderança, preparação para o trabalho, relações raciais e aulas de inglês.

A lista dos selecionados será divulgada em março de 2022 e as atividades acontecem de março a dezembro.

Realizado em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Programa conta com o patrocínio do Itaú e da B3 Social.  

Para Luanda Mayra, coordenadora do projeto, apoiar a permanência dos jovens na universidade é muito importante, devido à alta evasão dos estudantes negrxs, ainda mais no contexto da pandemia. “O Prosseguir não está vislumbrando apenas o presente, mas também o futuro. A gente intervém hoje, com resultado a longo prazo, tendo a possibilidade de mudar a realidade da juventude negra”, diz Luanda.

“Tendo em vista as ações afirmativas, o Prosseguir se mostra uma intervenção político-pedagógica, sendo um exemplo prático de que esses jovens negros conseguem transformar o ambiente acadêmico.  É justamente nas ações afirmativas que precisamos atuar para que mais projetos que promovam a permanência universitária evidenciem para a sociedade que a juventude negra tem o direito a outras possibilidades de vida”, conclui.

Inscrições

Para se inscrever, é preciso ter em mãos o histórico universitário, declaração de matrícula, cópia do RG e do CPF, comprovante de residência e um vídeo contando por que precisa da bolsa e qual a diferença que o Prosseguir fará na sua trajetória. Também é solicitada uma redação sobre o mesmo tema.

Não serão aceitas candidaturas de estudantes que estarão cursando o primeiro ou último ano da graduação em 2022.

As inscrições estão abertas até 30 de novembro. Para mais informações, acesse aqui.

Resultados 

O programa Prosseguir existe há três anos e já beneficou cerca de 110 jovens negras e negros do Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.  

A experiência vai muito além do desenvolvimento acadêmico. Além do suporte financeiro e do curso de inglês, participantes relatam que as aulas e vivências em grupo geram fortalecimento pessoal. 

Como resultado os jovens participantes do programa alcançaram melhores oportunidades de trabalho e muitos conseguiram, inclusive, realizar intercâmbios universitários no exterior.

É o caso de Gabrielly Sadovski, 22 anos, aluna do Prosseguir nos anos de 2019 e 2020. Atualmente a estudante participa de um intercâmbio na Corvinus University of Budapest, na capital da Hungria. Gabrielly cursa o 8° semestre de Administração Pública, na Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), conveniada à universidade húngara. Conheça mais histórias como a de Gabrielly aqui.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: