Ela levou o ouro no RJ e agora está levando eletricidade pra seu vilarejo que vivia sem luz há 40 anos

Autor: Redação Hypeness Data da postagem: 11:00 01/09/2016 Visualizacões: 1213
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Faith Chepng’etich

Um ouro olímpico pode brilhar não só no peito de uma campeã – ele pode também literalmente iluminar um vilarejo inteiro. Quando a queniana Faith Chepng’etich despencou em lágrimas ao vencer os 1500 metros femininos, ela não chorou somente por sua conquista, uma vida inteira de treinamentos e quatro anos de planejamentos intensos, dores, superações físicas e mentais: ela também chorou por saber que poderia enfim ajudar seus conterrâneos.

Faith3

Não só ajudar, mas ela também poderá enfim ser assistida em suas competições por sua própria família. Pois o vilarejo da onde veio no Quênia vivia há 40 anos sem energia elétrica. Não fosse sua presença e performance nas olimpíadas do Rio, e teriam continuado no escuro.

Depois de sua medalha, o pai de Faith fez um pedido às autoridades para que a energia fosse trazida a fim de que pudessem assisti-la ganhar mais medalhas daqui pra frente. Nove dias depois, o vilarejo emergia das trevas.

Athletics - Women's 1500m Semifinals

Faith2

Tanto seus familiares quanto vizinhos agradecem à Faith não só por representar seu país e trazer mais uma medalha para o Quênia, mas também por, através disso, literalmente tirar sua terra natal da escuridão.

A Samsung presenteou a vila com uma televisão, para estar sempre sintonizada nas conquistas de Faith. “Eu agradeço a Deus por me dar uma filha maravilhosa que transformou nossa vila, e rezo a Deus para que ela tenha saúde e força para ganhar mais medalhas para o Quênia”, disse seu pai.

Se depender da torcida, o futuro de Faith está garantido.

Faith4

© fotos: divulgação

Leia também:

Conheça o atleta que derrotou Hitler e enfezou os nazistas

O conflito por trás da prata do etíope Lilesa

Depois de protesto ao cortar a meta, maratonista etíope pede asilo político

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: