EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

História do negro no futebol brasileiro tem mostra no Museu Afro Brasil

Autor: Flávio Carrança Data da postagem: 11:31 16/06/2014 Visualizacões: 8260
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Exposição de longa duração do Museu Afro Brasil celebra a memória de craques afrodescendentes como Pelé, Garrincha, Didi, Djalma Santos, Barbosa, Zizinho e Jairzinho, representados em fotografias, gravuras e esculturas

Permanece aberta até 10 de agosto no Museu Afro Brasil a exposição “O Negro no Futebol Brasileiro - A arte e os artistas (Homenagem a Mário Filho)”, mostra que destaca a presença de jogadores negros na história do futebol no Brasil e sua importância na construção da identidade nacional. A entrada é gratuita e o horário é de terça-feira a domingo, das 10 às 17hs, com permanência até 18hs. O Museu Afro Brasil fica no Parque Ibirapuera, Zona Sul de São Paulo, com entrada mais próxima pelo portão 10.

Motivada pela realização da Copa do Mundo no Brasil, a exposição homenageia o jornalista e escritor Mário Filho (1908-1966), autor do clássico “O Negro no Futebol Brasileiro”, além de grandes jogadores com histórias de vida que dialogam com linguagens artísticas como a música, o cinema e as artes visuais. Entre eles estão o célebre Arthur Friedenreich, autor do gol que deu o primeiro título à seleção brasileira no Sul-Americano de 1919, e, claro, Pelé, o Rei do Futebol, entre outros craques que participaram das
cinco copas vencidas pelo país em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.

Estão em exibição fotos e caricaturas de jogadores, além de instalações como a “Stadium”, do artista plástico beninense Aston, e as máscaras africanas de temáticas futebolísticas feitas por Kifouli, outro artista do Benin. Vale lembrar que a exposição de longa duração do Museu Afro Brasil já celebra a memória de craques afrodescendentes como Pelé, Garrincha, Didi, Djalma Santos, Barbosa, Zizinho e Jairzinho, representados em fotografias, gravuras e esculturas.

Mais informações em Museu Afro Brasil.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: