EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Tati Quebra Barraco vai à polícia após mensagens racistas

Autor: Redação Catraca Livre Data da postagem: 17:00 10/01/2017 Visualizacões: 927
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Após mensagens racistas, Tati Quebra Barraco vai à polícia / Foto: Reprodução - Facebook - Catraca Livre

Após receber uma série de mensagens racistas pelas redes sociais, a funkeira Tati Quebra Barraco decidiu procurar a polícia. De acordo com o EGO, a cantora irá nesta terça-feira, 10, à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro, para registrar queixa contra os ataques racistas e os discursos de ódio recebidos em suas redes sociais após a morte de seu filho, Yuri.

A foto de Yuri morto circulou na internet e até no exterior, e, além disso, Tati recebeu diversos comentários racistas nas suas redes sociais após um desabafo escrito por ela.

Ao EGO, Tati falou que pretende identificar cada pessoa que publicou mensagem de ódio e racista em sua rede social. "Virou normal mãe preta enterrar seu filho. Isso está errado. Foi uma sensação horrível e imunda ter que ler tamanha brutalidade contra a minha família. Como mãe, fiz um desabafo. Ninguém é obrigado a ver, mas não chamei ninguém para ver. Não pedi opinião de ninguém, aquilo foi meu desabafo. Quero que eles sejam punidos severamente pelos seus atos. Não podemos apelidar o racismo que as pessoas sofrem nas redes sociais como injúria racial. Racismo é crime e não deve ser aceito por nenhum de nós”.

A funkeira também pretende processar o Estado. "Meu filho levou quatro tiros na cara, e o peito dele estava queimado de pólvora, o que dá a entender que o tiro foi a queima roupa. Yuri não estava armado e não teve como reagir. E o mais impressionante é que eles (os policiais militares) disseram que houve troca de tiros. Não existiu a resistência de Yuri como os policiais afirmam. Os PMs cansam de dar desculpas quando fazem atitudes assim. Não podemos aceitar isso! Portanto, eles devem ser melhor treinados, e a responsabilidade é do Estado", desabafou ela, garantindo que não quer um centavo com a ação.

Leia também:

MC Carol presta queixa sobre ataques racistas: 'Espero que a justiça seja feita!'

Atriz Sheron Menezzes sofre ataques racistas nas redes sociais

Preta Gil relata ataques racistas em seu Facebook: 'Estou em estado de choque'

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: