'Meninas com ciência', curso do Museu Nacional só para garotas está de volta

Autor: Andréa Martinelli Data da postagem: 17:00 15/03/2019 Visualizacões: 430
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Curso quer ensinar geologia, paleontologia e importância das mulheres nessas áreas da ciência para meninas que estão no ensino-fundamental. / Foto: Reprodução - huffpostbrasil

 Curso gratuito quer ensinar geologia e paleontologia para meninas que estão no ensino-fundamental.

Estão abertas as inscrições para o curso de extensão “Meninas com ciência”, do Museu Nacional, no Rio de Janeiro. O curso é realizado de forma gratuita pelas mulheres do Departamento de Geologia e Paleontologia (DPG) da instituição, e visa estimular a participação de meninas na ciência.

Esta é a 5ª edição do curso e a 1ª após o incêndio que destruiu parte do acervo do Museu. Ao lado de profissionais apenas do sexo feminino, as alunas de 11 a 15 anos, farão uma viagem pelo mundo da geologia e da paleontologia e ainda vão entrar em contato com a importância das mulheres nessas áreas. Interessadas tem até o dia 25 de março para se inscrever.

“Os objetivos são divulgar as pesquisas realizadas no Museu Nacional em Geologia e Paleontologia, incentivar a curiosidade e o pensar científico, além de demonstrar que Ciência no Brasil também é feita por mulheres comuns, que sonham e lutam pela vida que escolheram”, explica texto de divulgação. 

Foto: Reprodução - HuffpostBrasil

 

Desde 2017, o “Meninas com Ciência” já teve cerca de três edições e recebeu menção honrosa no 8º Prêmio Ibero Americano de Educação e Museus (IberMuseus) e foi replicado em Sorocaba e São Paulo, na UFSCar e USP.

A ideia de ensinar ciência só para meninas surgiu em 2016 e foi inspirada pelo “curso de desprincesamento”, realizado inicialmente em Florianópolis (SC), com iniciativa da também cientista Ligia Moreira Sena, no mesmo ano. A ideia foi contrapor iniciativas como o projeto “escola de princesas”.

O curso acontece duas vezes ao ano e é composto por oficinas, ministradas sempre aos sábados, em um prédio anexo ao Museu, que não foi atingido pelas chamas em setembro do ano passado. As oficinas propostas compõe “atividades lúdicas e educativas sobre reconhecimento de minerais, rochas, meteoritos, fósseis de plantas e animais”, explica a inscrição.

“O projeto permanece firme e forte”, afirma a paleontóloga e uma das coordenadoras do projeto, Luciana Witoviski Gussella, ao Jornal da Ciência, sobre retomar as inscrições após o incêndio. E conta que à época existia uma turma que estava para ser iniciada. “Nós perdemos tudo, laboratórios, exposições, não tínhamos mais amostras de fósseis para mostrar”, lembra. 

O que preciso para me inscrever?

As inscrições estão abertas até o dia 25 de março. O curso é voltado apenas para meninas entre 11 e 15 anos, que estão cursando do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, tanto de escolas públicas e particulares. Alunas de edições anteriores não podem se inscrever novamente. O formulário para realizar a inscrição está disponível aqui.

O curso é gratuito e não conta com nenhum tipo de patrocínio. Transporte e alimentação das alunas não são custeadas pelo curso. A organização do “Meninas com ciência” informa que as alunas sairão do Museu apenas acompanhadas por um responsável ou com autorização por escrito. 

Quando o curso começa?

O curso será no Horto Botânico do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro. Haverá um sorteio com as estudantes selecionadas para esta edição do curso, que terá início em 5 de abril.

Cada inscrita receberá um número. A organização informa que 70 deles serão sorteados. Os primeiros 50 (25 para escolas públicas e 25 para particulares) preencherão as vagas e outros 20 serão para uma lista de espera.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Leia também