Programa Prosseguir 2ª Edição

conheça

Viola Davis prepara série de ficção científica baseada em livro de Octavia Butler

Autor: Everton Lopes Batista Data da postagem: 19:00 05/04/2019 Visualizacões: 395
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Viola Davis prepara série de ficção científica baseada em livro de Octavia Butler / Foto: Reprodução - Folha de S. Paulo

A atriz e produtora americana Viola Davis está transformando em série de TV um livro de Octavia Butler (1947-2006). “Wild Seed” (semente selvagem), obra que faz parte da série “The Patternist” (o padronista), deve chegar às telas pelo Prime Video, serviço de streaming da Amazon, segundo o site americano de entretenimento Deadline.

“Wild Seed” conta a história de dois semi-deuses africanos com meios diferentes de manter sua imortalidade. Doro ganha sua energia ao roubar os corpos de outras pessoas que mata, e Anyanwu se mantém viva pela bondade e sua habilidade de curar os outros. As duas forças antagônicas se encontram e duelam por séculos.

Com três mulheres negras no comando, a produção honra o legado de Octavia, que sempre contemplou temas ligados a gênero e racismo em suas criações. Além de Viola, produtora-executiva e uma das donas da empresa responsável pela adaptação, a escritora de ficção científica afrofuturista Nnedi Okorafor e a diretora de cinema queniana Wanuri Kahiu ficarão responsáveis pelo roteiro. Wanuri também vai dirigir a série.

A atriz americana Viola Davis na cerimônia de entrega do prêmio Bafta de 2019 / Foto: Tolga Akmen – 10.fev.2019 - AFP

Viola Davis, ganhadora de um Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2017, disse ao Deadline que o livro foi uma das obras que moldou sua vida. “Octavia Butler foi uma visionária e nós esperamos honrar e compartilhar o seu trabalho com o mundo”, afirmou a atriz ao site americano.

Morta em 2006, Octavia só chegou ao Brasil em 2017 com o livro “Kindred – Laços de Sangue“, publicado pela Morro Branco, editora que pretende trazer a obra completa da autora ao país. A versão em português de “Wild Seed”, porém, ainda não tem data de publicação marcada.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: