EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Fique de olho: programas de aceleração com inscrições abertas

Autor: Redação Estadão Data da postagem: 10:00 26/04/2019 Visualizacões: 307
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Turma do Afrolab para Elas em projeto especial com a Red Bull Station, o OCUPAÇÃO #4 / Foto: Visionários da Quebrada - Reprodução - Estadão

Afroempreendedorismo feminino e criadores de negócios de impacto social, ambiental e econômico são os focos dos projetos

Afrolab para Elas roda o País

Com o objetivo de apoiar, promover e impulsionar o afroempreendedorismo feminino no Brasil, o Afrolab para Elas (projeto idealizado pelo Instituto Feira Preta e Afrohub) está com as inscrições abertas até o dia 26 de abril para a primeira edição nacional do programa. O objetivo é atuar em quatro pilares: criação, produção, distribuição e consumo. Para se inscrever, os negócios já precisam estar em atividade e devem ser dos segmentos de moda, design, gastronomia, arte e inovação.

A metodologia conta com atividades de autoconhecimento, ciclos de imersão criativa, cursos e workshops. As atividades acontecerão nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Recife (PE), Belém (PA) e Porto Alegre (RS). Inscrições pelo site www.pretahub.com.br.

Programa mira sustentabilidade

O Mercado Livre em parceria com o programa de aceleração Mayma Humanidade Empreendedora abriu inscrições para o projeto de capacitação Empreender com Impacto, com foco em criadores de negócios de impacto econômico, social e/ou ambiental.

Disponível para empreendedores do Brasil, da Argentina, do Chile, da Colômbia, do México e do Uruguai, o programa de formação é exclusivamente online e possui grade com 15 aulas, mentorias, além de seminários internacionais e material de aprofundamento.

As inscrições são limitadas e vão até o dia 22 de maio pelo site: http://tiny.cc/Emprender.

Além disso, os participantes irão concorrer a prêmios para impulsionar seus negócios no valor de US$ 5 mil e ainda têm a possibilidade de utilizar o ecossistema de soluções do Mercado Livre.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: