Programa Prosseguir 2ª Edição

conheça

Mulheres negras que marcaram a história do Brasil e do mundo

Autor: Toni Nascimento Data da postagem: 13:00 24/06/2019 Visualizacões: 2109
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Muitas mulheres negras marcaram a história nas mais diversas área do conhecimento, da ciência até a música. Veja algumas delas.

Muitas mulheres negras marcaram a história nas mais diversas área do conhecimento, da ciência até a música. Veja algumas delas.

Em pleno século 21, a nossa sociedade ainda enfrenta diversos estigmas completamente limitantes. Primeiramente, podemos dizer que ainda é muito difícil ser mulher na nossa civilização. Além disso, as coisas podem se complicar ainda mais. Por exemplo, a vida é mais difícil ainda para as mulheres negrasnos dias atuais.

Diante essa realidade, cada conquista das mulheres negras deve ser muito bem valorizada. Por isso é muito importante que trabalhemos cada vez mais a representatividade. uma das formas de fazer isso, é sempre lembrar e celebrar todas as mulheres negras que tornaram o mundo um pouco melhor.

Pensando nisso, o Área de Mulher fez uma grande lista com várias mulheres negras que foram importantes para o Brasil e o mundo, servindo de inspiração para muitas outras.

Confira 19 mulheres negras que marcaram a história do Brasil e do mundo

1 – Aretha Franklin

Inicialmente, Aretha Franklin é uma das cantoras mais conhecidas do mundo inteiro. Nascida em Memphis e criada em Detroit, ela precisou enfrentar a indústria musical várias vezes até se transformar na rainha do Soul.

2 – Bessie Coleman

“Bessie”, foi a primeira mulher negra a conseguir uma licença para atuar como piloto internacional nos Estados Unidos. Na época, as escolas de aviação dos Estados Unidos não aceitavam mulheres. Apesar disso, Bessie não desistiu de seu sonho. Bessie ficou famosa por seus shows aéreos e chegou a ser nomeada uma das maiores aviadoras do mundo.

3 – Ellen Johnson Sirleaf

Ellen foi a primeira mulher eleita chefe de estado de um país africano. Além disso foi a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente na Libéria. Em 2011, ela também recebeu um Prêmio Nobel da Paz por seu trabalho político.

4 – Glória Maria

Glória Maria foi a primeira repórter negra da história do Brasil. Em novembro de 1971, ela também foi a primeira mulher a usar a Lei Afonso Arinos contra discriminação racial no Brasil, quando o gerente de um hotel de luxo não permitiu que ela entrasse pela porta da frente do prédio. Além disso, depois de tantos anos ela ainda é uma das maiores jornalistas do país.

5 – Hattie McDaniel

Em 1930, Hattie McDaniel foi a primeira mulher negra a estar presente em uma cerimônia do Oscar como convidada. Além disso, também foi a primeira mulher negra a receber o prêmio de melhor atriz coadjuvante. Atualmente, o nome de Hattie está marcado na calçada da fama, em Los Angeles.

6 – Henrietta Lacks

Henrietta foi a mulher negra que mudou a história da medicina ao ser doadora involuntária de uma cultura de células cancerosas utilizadas em pesquisas médicas para criar a primeira linhagem celular imortal. Além disso, o seu material genético dela serviu para cerca de 75 mil estudos médicos.

7 – Jackie Joyner-Kersee

Jackie se tornou a primeira mulher a marcar mais de 7 mil pontos no heptatlo. Ela já foi considerada uma das melhores atletas de todos os tempos nas modalidades heptatlo e salto em distância. Segundo a revista Sports Illustrated, Jackie é a maior atleta feminina do século XX.

8 – Janelle Commissiong

Janelle foi a primeira mulher negra a conquistar o título de Miss Universo, em 1977. Durante seu reinado, Janelle se dedicou a defender os direitos dos negros e a paz mundial.

9 – Mae Jemison

Em 1992, Mae Jemison se tornou a primeira astronauta negra da história. Consequentemente Mae inspirou outras mulheres negras a também seguirem o mesmo caminho na NASA, como as astronautas Stephanie Wilson, Yvonne Cagle, Joan Higginbotham e Jeanette Epps.

10 – Mamie Phipps Clark

Finalmente Mamie, a primeira mulher negra a obter um diploma na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos. Além disso, ela foi importante para fazer a America ver o seu próprio preconceito, através de pesquisas e ciência.

11 – Oprah Winfrey

Oprah Winfrey tornou-se uma das maiores apresentadoras de TV da história da televisão mundial. Consequentemente, foi a primeira negra a receber o prêmio Cecil B. DeMille, entregue no Globo de Ouro, que celebra artistas com impacto mundial no entretenimento. Além disso, ela também foi a primeira mulher negra a se tornar bilionária.

12 – Rosa Parks

Rosa Parks se tornou um símbolo da luta por igualdade racial em 1955, quando os Estados Unidos vivia um forte período de segregação racial. Ao não se curvar para as pessoas brancas, virou uma grande inspiração para o movimento negro por seu ato de coragem.

13 – Ruby Bridges

Ruby Bridges foi a primeira criança negra a estudar numa escola primária caucasiana durante a década de 60 nos Estados Unidos. Esse era o período em que os negros eram separados dos brancos.

14 – Ruth de Souza

Ruth de Souza foi a primeira dama negra do teatro, e também do cinema e da televisão brasileira. Além disso, Ruth foi a primeira atriz brasileira a ser indicada ao prêmio de Melhor Atriz em um festival internacional de cinema, o Sinhá Moça, em Veneza, em 1954.

15 – Simone Biles

Simone Biles já ganhou 4 medalhas de ouro em ginástica artística e, além disso é uma das maiores atletas da modalidade na atualidade. Ela também é a primeira atleta na história a conquistar quatro ouros na prova.

16 – Toni Morrison

A escritora Toni Morrison foi a primeira mulher negra a receber um prêmio Nobel de Literatura, com a obra Amada, livro sobre o cotidiano de sofrimento das pessoas negras, especialmente mulheres.

17 – Viola Davis

Finalmente Viola Davis, a única atriz negra que foi indicada três vezes ao Oscar. Além disso, ela também é a primeira mulher negra a ganhar um Emmy de melhor atriz.

18 – Wangari Maathai

Wangari foi a primeira mulher africana a receber o Nobel da Paz, em 2004. De origem queniana, ela aliou políticas de preservação ambiental ao progresso feminino de seu país. Também foi a primeira mulher da África Oriental a ter um doutorado.

19 – Zezé Motta

Primeiramente, Zezé Motta foi uma das primeiras atrizes negras do Brasil a ganhar destaque no mundo. Na dramaturgia e fora dela, a atriz sempre lutou pela igualdade de gênero e racial, além de mais tolerância religiosa. Sem dúvida, é uma das grandes atrizes nacionais.

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: