Mulheres negras são a maioria entre profissionais de nível médio de enfermagem, diz estudo

Autor: Redação A Tarde Data da postagem: 10:59 28/05/2021 Visualizacões: 193
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Mulheres negras são a maioria entre profissionais de nível médio de enfermagem, diz estudo/Reprodução: A Tarde

Mulheres negras são a maioria entre profissionais de nível médio de enfermagem, segundo o balanço divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, realizado no ano passado, entre funcionários de atividades de atenção à saúde humana.

De acordo com o levantamento, foram enquadrados médicos e enfermeiros, cargos que exigem dois tipos de ocupação: profissional de nível médio de enfermagem, que requer pelo menos um curso técnico de nível médio na área, e profissional de enfermagem, que exige ensino superior completo.

Os negros são maioria na população ocupada, representando 52,8%. No entanto, nas atividades de atenção à saúde humana, de maneira geral, estão em menor proporção: correspondem a 44,6%. Eles são maioria entre os profissionais de nível médio de enfermagem, com 54,9% dos ocupados. Já entre os profissionais de enfermagem, representam 38,5%, e entre os médicos, 15,7%.

Considerando que o perfil de trabalhadores da área de saúde humana é bastante diversificado, o estudo aponta dados relacionados à escolaridade, gênero e cor.

Segundo as informações obtidas na pesquisa, é possível afirmar que os profissionais de enfermagem (ocupação com exigência de ensino superior) são predominantemente mulheres brancas, com rendimento médio pouco maior do que a média do setor. Já os profissionais de nível médio de enfermagem são predominantemente mulheres negras e, apesar de a ocupação exigir formação técnica que demanda recursos complexos e custosos, eles recebem menores salários.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: