Orgulho negro na web: 5 crianças e adolescentes que você precisa conhecer

Autor: Ana Elisa Santana Data da postagem: 18:00 06/05/2016 Visualizacões: 30441
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
ARQUIVOPESSOAL/RENATAMORAIS

O período da infância e adolescência é primordial para a formação da identidade de crianças e jovens. E entre os negros, cada vez mais cedo eles têm se reconhecido diante da sociedade. A pequena Elis Catanhede, de 4 anos, demonstrou muita personalidade ao pedir para a mãe gravar um vídeo em que ela fala às pessoas que o cabelo dela não é peruca, e que ela tem orgulho de sua origem. "Eu sei que não é peruca, é meu cabelo (...) Eu não tenho cabelo liso, eu já nasci assim, e eu sou 'pleta'", diz.

https://www.youtube.com/watch?v=ASWLzfS1IUM
 

A mãe de Elis, Renata Morais, publicou o vídeo no Facebook, e a declaração da pequena viralizou: mais de 40 mil pessoas já compartilharam. Renata afirma que ela e o marido sempre conversam com a filha sobre a representatividade negra. Para ela, que quando criança não teve estímulo para se reconhecer negra, esse diálogo é importante para complementar a formação de Elis. "Sempre soube que eu era negra, mas nunca me senti negra. A busca pelo embranquecimento sempre fez parte da minha infância e adolescência.(...) Entendemos que ela precisa saber que tem referências. O empoderamento é pessoal, ele vem com o tempo", afirma.

Assim como Elis, que tem feito sucesso com sus fotos e vídeos de dança na internet, outros jovens negros também têm dado o seu recado. Conheça:

1. Carolina Monteiro

Youtube com apenas 9 anos, a mineira Carolina Monteiro ostenta um lindo black power e grava vídeos em que recomenda livros, conta histórias do seu dia a dia e até mostra formas de amarrar faixas e fazer turbantes para valorizar seu visual. 

https://www.youtube.com/watch?v=7_uP7cNpeeA

2. MC Soffia

Rapper desde os 6 anos de idade, Soffia, 11 anos, mostra muita maturidade e orgulho de suas origens. Ela canta letras de empoderamento, especialmente direcionadas a meninas negras como ela. Recentemente, lançou o clipe de sua música mais conhecida: Menina pretinha. A música diz: "Menina pretinha, exótica não é linda/ você não é bonitinha/ você é uma rainha".

https://www.youtube.com/watch?v=cbOG2HS1WKo

3. Pedro Henrique Côrtes

Em seu canal do Youtube, Pedro Henrique falava sobre assuntos do cotidiano, até resolver fazer a série "Meus heróis negros brasileiros", sobre grandes homens e mulheres negros. ele começou por Zumbi dos Palmares e já contou a história de nomes como Machado de Assis, João Cândido, Carolina Maria de Jesus e Elza Soares.

https://www.youtube.com/watch?v=FCaKbiEvLVk
 

4. Ana Lídia Lopes

Após descobrir a beleza de seus cabelos crespos, a adolescente Ana Lídia Lopes, de 17 anos, passou a usar o seu canal no Youtube para falar de autoestima, comportamento e dicas de beleza para valorizar seus traços negros. Ela também é criadora do blog Apenas Ana, onde desde 2012 mostra a sua vida em Unaí, Minas Gerais, para todo o mundo.

https://www.youtube.com/watch?v=tYoTcWOaMl0

5. Elis Catanhede

Além de ter gravado com a mãe o vídeo que fez sucesso na internet, a pequena de 4 anos abusa do charme em fotos e vídeos no seu Facebook. 

Leia Também:

Negra Arte: 5 Mulheres Artistas que você precisa conhecer

7 Cientistas Negros que você deveria conhecer

Negros com Coque Afro e Barba

 

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: