EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Porto Seco: Resistência, mudanças e outras possibilidades

Autor: Jeanice Ramos Data da postagem: 14:30 25/11/2016 Visualizacões: 519
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Porto Seco: Resistência, mudanças e outras possibilidades / Foto: Nação Z

O Núcleo dos Jornalistas Afro-brasileiros, do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS, SINDJORS, realizará mais uma edição do Sugestão de Pauta: Mídia Étnica. O evento tradicional na programação do Núcleo que neste ano fecha 15 anos de existência e alcança destaque no cenário nacional pelo propósito de intensificar discussões etnicorraciais e a inserção da questão negra na mídia. Esse evento integra às comemorações do Dia Nacional da Consciência Negra.

A pauta deste painel será o Carnaval  portoalegrense com seus agravos, desafios e soluções considerando o espaço macro denominado Pista de Eventos do Complexo Cultural Porto Seco, localizado  no Bairro Rubem Berta, Zona Norte da capital gaúcha. Obra interminável e que segundo fontes carnavalescas  já extraiu, nestes 12 anos de existência, mais de R$ 40  milhões dos cofres públicos. O equipamento, com suas arquibancadas móveis, mas que se destaca por seus barracões, vem  gradativamente perdendo o público fã do carnaval espetáculo.

A Sugestão de Pauta Mídia Étnica tem como objetivo discutir o Carnaval Espetáculo de Porto Alegre, sua existência no Complexo Cultural do Porto Seco e o número baixo de adesão da comunidade portoalegrense, principalmente, nos últimos anos. O evento  quer provocar  nos carnavalescos convidados a sua  opinião sobre este espaço em que o Carnaval Espetáculo encontra-se, se é um espaço bom, quais os prós e os contras, que benefício traz para a cidade, que tipo de movimentação pública é feita para melhorá-lo.

A indagação que  fica neste Sugestão de Pauta Mídia Étnica é se  existem outros espaços que poderiam ser aproveitados e o que pode ser aperfeiçoado mantendo este lugar como ponto de encontro de carnavalescos. Se a opção por este local é definitiva ou se pode pensar em outras  possibilidades.

Palestrantes:

Juarez Gutierez, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre, LIESPA
Onira Pereira, considerada a maior porta-estandarte de todos os tempos no Carnaval de Porto Alegre
Arlindo da Silva Mença, presidente da União das Escolas do Carnaval do Grupo de Acesso de Porto Alegre – UECGAPA
César de Lucena – comentarista de  Carnaval
Renato Araujo – jornalista
Mediação:  Jeanice Dias Ramos, coordenadora do Núcleo dos Jornalistas Afrobrasileiros, do SINDJORS

Serviço:

O que é: Sugestão de Pauta Mídia Étnica: Porto Seco: resistência,mudanças e outras possibilidades

Quando: 29 de novembro de 2016 (terça-feira), às 19h

Onde: Auditório do Sindbancários, Rua  Gen. Câmara, 424 – Centro Histórico, Porto Alegre

Quanto: Entrada franca

Leia também:

HISTÓRIA DO CARNAVAL NO BRASIL

Contamos a história de 5 dos blocos mais tradicionais do Carnaval carioca

História do Carnaval de São Paulo

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: