EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Urucungos inicia suas festividades de 30 anos com o tradicional Cortejo de Maracatu

Autor: Redação Bloco 30 anos de Urucungos Data da postagem: 16:44 06/02/2018 Visualizacões: 3528
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Urucungos inicia suas festividades de 30 anos com o tradicional Cortejo de Maracatu / Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

No ano de 2018 o grupo Urucungos, Puítas e Quijengues completa 30 anos de existência! Para comemorar a data, o bloco de Maracatu Nação Urucungos vai levar o tradicional cortejo para as ruas da Vila Nova Teixeira., bairro onde está localizada a sede do grupo.

O maracatu encenado pelo grupo faz parte do legado da família Trindade, cujo percursor foi o poeta Solano Trindade, fundador do Teatro Popular Brasileiro. A principal característica deste maracatu é a encenação do começo ao fim do cortejo, o que permite ao publico entender a história do maracatu pernanbucano. Sempre dançando, cada personagem tem seu momento na cena narrada pelas loas cantadas, ao som do baque virado. Conduzido pela ala das baianas, o cortejo se inicia ao final da cerimônia de coroação do rei e da rainha do Congo.

Imagem: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

O grupo foi fundado em 1988, em Campinas, por Raquel Trindade, escritora, artista plástica, coreógrafa e pesquisadora da cultura afro-brasileira. Convidada para dar aulas de “Danças Populares e Religiosas do Brasil” no Departamento de Artes Cênicas da UNICAMP, Raquel ministrou um curso de extensão que abrangeu alunos, funcionários e a comunidade negra de Campinas. A partir desse curso, formou-se o “Grupo de Teatro e Danças Populares Urucungos, Puítas e Quijengues”.

Os instrumentos musicais de origem angolana: urucungos (berimbau), puítas (cuíca) e quijêngues (tambor), dão nome ao grupo que tem a missão de resgatar, preservar e divulgar a cultura popular brasileira da forma como é manifestada nas suas origens e apresentar ao público em forma de arte, para formar multiplicadores em ambientes de conhecimentos livres, solidariedade e fomento sócio-cultural.

O bloco que tem como tema “30 anos de Urucungos” sai no domingo de carnaval, dia 11 de fevereiro. A concentração acontece a partir das 14h e a saída do cortejo está prevista para às 16h. Os ensaios são abertos ao público em geral e acontecem de terça e quinta, das 19h as 21h e aos sábados, das 14h30min as 17h. Está é a última semana de ensaios, não deixem de participar. A sede do Urucungos, fica na rua Salvador Lombardi Neto, nº 20, Vila Teixeira, Campinas/SP.

Informações:

Facebook: @PontodeCulturaUrucungos

Tags: #30anosdeUrucungos #culturapopular #maracatu #urucungos #carnavalderua

(19) 98111-7956 Cibele (WhatsApp)

Programação:

Dia 10

14h Personalização de Camisetas

Traga sua camiseta. Contribuição R$5,00

15:30h Ensaio Geral (aberto)

Dia 11

14h Concentração

16h Cortejo

18h Confraternização  

(Palco aberto a parceirxs)

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Foto: Divulgação - Bloco 30 anos de Urucungos

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: