Confira Carta Africana da Juventude apresentada na escola superior

Autor: Carlos Bastos Data da postagem: 16:07 07/02/2019 Visualizacões: 466
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Confira Carta Africana da Juventude apresentada na escola superior / Imagem: Reprodução - UNECA

O Conselho Nacional da Juventude procedeu, ontem, na cidade do Sumbe, Kwanza-Sul, ao acto de lançamento oficial da Carta Africana da Juventude, aprovada pelo Conselho de Ministros da República de Angola, no sentido de proporcionar aos estados membros da união um quadro para políticas de desenvolvimento juvenil.

Na ocasião, o vice-presidente do Conselho Nacional da Juventude, Quicas Machado, disse que a Carta Africana da Juventude é necessária para o desenvolvimento dos jovens africanos no sentido de orientar, inspirar e validar as organizações juvenis e as suas ações.

Acesse!

Quicas Machado informou que “os estados membros da União Africana, signatários da carta, reconhecem os direitos, deveres e liberdades constantes da mesma”.

Esclareceu que qualquer estado membro da União Africana pode assinar a carta na sede da comissão da instituição, através dos embaixadores que tenham recebido instruções dos seus governos.

A juventude representa um parceiro, uma mais valia incontornável para o desenvolvimento sustentável, para a paz e prosperidade da África, no presente e no futuro, disse Quicas Machado.

Destacou o papel desempenhado pela juventude na descolonização, na luta contra o apartheid e, mais recentemente, nos seus esforços do desenvolvimento e promoção do processo democrático no continente Africano.

Quicas Machado recordou o apelo lançado em Bamako (2005), capital do Mali, pelas organizações juvenis de África na promoção da juventude, através do reforço das suas capacidades, liderança, responsabilidade e facilitação do seu acesso à informação para poderem desempenhar o seu papel como agentes dinâmicos na governação e na  tomada de decisões.

O ato teve lugar no anfiteatro do Pólo Universitário do Kwanza-Sul na presença do administrador municipal do Sumbe, Sebastião Daniel Neto, do director provincial da Juventude e Desportos, Manuel do Nascimento, deputados à Assembleia Nacional do círculo provincial eleitoral da província, membros do Governo, entidades religiosas e tradicionais e associações de juvenis.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: