EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Livro de poemas que traduz sutilezas da negritude ganha lançamento

Autor: Redação Correio 24 horas Data da postagem: 12:00 18/11/2019 Visualizacões: 372
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Livro de poemas que traduz sutilezas da negritude ganha lançamento/Imagem: Reprodução - Correio 24 horas

O escritor baiano Lande Onawale é o autor de Pretices e Milongas, que será lançado nesta terça-feira (5), nos Barris

A tradição cultural negra é valorizada pelo escritor baiano Lande Onawale em seu novo livro, Pretices e Milongas (Organismo Editora | 124 páginas | R$ 40), que será lançado nesta terça-feira (5), às 18h, nos Barris. Autor do livro de contos Sete Diásporas Intimas (2011) e dois de poemas, O Vento (2003) e Kalunga (2011), Onawale investe mais uma vez na poesia para transitar por espaços, signos e repertórios do mundo negro no Brasil.

O livro tem orelha assinada pela pesquisadora e militante do movimento negro Lindinalva Barbosa, para quem a cada página folheada do livro, aparece “um manancial polifônico de Áfricas e diásporas salta, dança, pulula e sibila linguagens múltiplas e várias”.  Para ela, o autor  nos seduz para um “mar de samba, candomblé ou capoeiragem, que tanto pode ser bantu, pernambucano, baiano, maranhense, caboclo ou yorubá”, detalha.

Embora composto por versos contundentes sobre questões raciais, o escritor reflete que este livro,  assim como os anteriores, não é suficiente para mudar o mundo. “É preciso que as coisas estruturais mudem. Mas é aquele clichê: livros não transformam o mundo, mas mudam pessoas, que mudam o mundo”, disse Onawale em mesa na última Festa Literária Internacional de Cachoeira.

Serviço

O quê: Lançamento do livro Pretices e Milongas (Organismo Editora | 124 páginas | R$ 40)

Onde: Biblioteca Pública dos Barris (R. Gen. Labatut, 27, Barris | 3117-6000)

Quando: Terça-feira (5), às 18h

Entrada gratuita

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: