Chamada Pública: ReIntegrar com equidade de raça e gênero para egressos do sistema carcerário ACESSAR

Arte como Ciência apresenta entrevista com Jessé Oliveira sobre Teatro Negro no RS

Autor: Redação Guia 21 Data da postagem: 14:53 30/09/2020 Visualizacões: 318
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Jessé Oliveira/Foto: Andre Furtado - Reprodução - Guia 21

No dia 06 de outubro, às 18h30, o diretor e administrador Jessé Oliveira vai falar sobre Teatro Negro no Rio Grande do Sul no segundo episódio do projeto Arte como ciência.

Jessé Oliveira é fundador e diretor do Grupo Caixa-Preta, pioneiro no desenvolvimento do teatro negro contemporâneo gaúcho. Realizou a direção de mais de 40 espetáculos de teatro, dança e música, apresentados em todo o Brasil e América Latina e dirigiu o espetáculo “Das Pferd des Heiligen” na Alemanha. No Arte como ciência, Jessé vai falar sobre sua trajetória e discutir sobre aspectos históricos do teatro negro gaúcho, desde suas origens até a contemporaneidade.

O episódio será exibido ao vivo pelo youtube no canal do projeto Arte como Ciência e o público poderá interagir, enviando comentários e perguntas por meio do chat.

Arte como ciência é um projeto internacional, por isso, é importante destacar que o projeto conta com tradução solidária em inglês e espanhol. Assim, a comunidade internacional poderá acompanhar em primeira mão as discussões colocadas em pauta.

Sobre o projeto:

A proposta do Arte como Ciência é refletir sobre o papel social da arte, com base em um ponto de vista científico, ao dialogar com artistas que constroem sua práxis na articulação entre criação e reflexão.

Viviane Juguero, coordenadora pedagógica do projeto afirma que “os discursos artísticos são fundamentais na configuração das estruturas sociais pois compõem as coordenações emocionais que embasam valores e desejos, e resultam nas escolhas de cada pessoa em relação às possibilidades dos contextos em que estão inseridas. Já Daniela Israel, coordenadora técnica, pontua que este “é um projeto colaborativo, feito com muitas mãos, de diferentes lugares, envolvendo muita paixão, arte e ciência. Focamos em como um conteúdo pesado e difícil de ser entendido por vezes, possa ser leve, interessante, agregando e transformando a sociedade.”

A equipe de coordenação conta ainda com Cleiton Echeveste, que é responsável pelo grupo de tradução solidária e pela promoção das ações junto ao Centro Brasileiro e à Associação Internacional de Teatro para a Infância e Juventude, das quais Viviane Juguero também faz parte.

O dia 01 de setembro de 2020 marcou a estreia do projeto Arte como Ciência, uma iniciativa que se propõe a pensar sobre o papel social da arte por meio de entrevistas com artistas que desenvolvem um olhar reflexivo e científico sobre a relação entre seu fazer artístico e a sociedade. Os encontros acontecem sempre na primeira terça-feira de cada mês, às 18h30min, no canal do projeto no YouTube.

As entrevistas ao vivo serão realizadas sempre na primeira terça-feira de cada mês e contarão com tradução solidária para o inglês e espanhol. Em todas as terceiras terças-feiras será lançado um vídeo com os melhores momentos, com legendas em inglês ou português, dependendo do idioma utilizado na conversa. A próxima edição contará, ainda, com tradução para o alemão.

Serviço:

Arte como Ciência | Episódio 02

Entrevista com Jessé Oliveira sobre Teatro Negro no Rio Grande do Sul.

Data: 06 de outubro de 2020 | terça-feira

Horário: 18h30min

Canal artecomociencia no youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCaedWa7wLM5sAVw3WTFxoQQ

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: