EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Febraban divulga Relatório sobre Diversidade nos Bancos

Autor: ceert Data da postagem: 00:00 31/10/2009 Visualizacões: 1524
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Com assessoria técnica do CEERT, a Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN) tem ampliado suas ações para a ampliação da diversidade étnica, de gênero e de pessoas com deficiência no mercado de trabalho bancário no país. O Programa FEBRABAN de Valorização da Diversidade, objetiva a equidade e igualdade de oportunidades no setor e sua relevância está no poder de influenciar outros setores profissionais da sociedade a fazerem o mesmo. Trechos do Relatório Anual explicativo da FEBRABAN, com o histórico e fases do Programa está disponibilizado. Saiba mais. Histórico – Há cinco anos, organizações do movimento negro e sindical se mobilizaram denunciando a ausência de funcionários negros nos bancos. O Ministério Público manifestou-se favorável às denúncias e questionou a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) sobre o assunto. Em 2006, a instituição passou a acompanhar as reuniões temáticas da Comissão de Direitos Humanos e Minorias na Câmara dos Deputados. Em 2007, o CEERT iniciou sua assessoria à Febraban, que lançou no ano seguinte o seu Programa Diversidade, numa iniciativa considerada pioneira ao produzir: Pesquisa em Recursos Humanos, Melhores Práticas e Censo da Diversidade; e Programa Febraban de Capacitação Profissional e Inclusão de Pessoas com Deficiência no Setor Bancário. A pesquisa e o censo apresentaram o perfil sobre raça, gênero, educação e trabalho dos bancários no País, com o objetivo de traçar políticas que promovam a igualdade de oportunidades e a diversidade nos bancos. Cinco planos de ação foram definidos para garantir o sucesso do Programa de Valorização da Diversidade e se encontram em andamento: (1) Sensibilização e engajamento de executivos de média e alta gerências para o tema da valorização da diversidade; 2) criação e desenvolvimento de indicadores gerais que permitam gerir e a evolução da contratação e ocupação de cargos gerenciais e de chefias dentro da perspectiva étnica, de gênero e inclusão do portadores de deficiência. (3) Ampliação de metodologias de monitoramento nos processos de seleção e treinamento; (4) Busca e estabelecimento de convênios técnicos com programas oficiais, como o ProUni, universidade com cotas e com ações afirmativas, para acelerar a inclusão no mercado de trabalho bancário de jovens oriundos de grupos sociais vulneráveis; (5) Intensificação da inclusão de fornecedores, clientes, empresas parceiras e entidades beneficiárias de programas sociais dos bancos nos programas de diversidade .
Audiência Pública Em outubro passado, a fundadora e diretora executiva do CEERT, Dra. Maria Aparecida Bento participou da Audiência Pública no Senado Federal, com a presença de parlamentares e empresarios para relatar a experiência do CEERT na consultoria à Febraban e a relevância de programas como o de Valorização da Diversidade. (Ver matéria no site).

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: