Programa Prosseguir 2ª Edição

conheça

Donald Trump sugere que atirem em Hillary caso ela seja eleita

Autor: Redação Hypeness Data da postagem: 18:00 10/08/2016 Visualizacões: 831
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Não há dúvidas de que Donald Trump é capaz de impropérios impensáveis a fim de se manter na mídia e insuflar os conservadores. Dessa vez, porém, o candidato à presidência dos EUA pelo partido republicano parece ter alcançado um novo patamar até mesmo para o seu padrão. Em discurso nesta terça-feira, Trump deu a entender que, caso perca a eleição, atirar em Hillary pode ser uma solução a fim de impedi-la de indicar juízes para a Suprema Corte.

“A propósito, se ela puder escolher os juízes, não há nada o que fazer, pessoal”, afirma Trump, para em seguida sugerir: “Contudo, na segunda emenda pode haver algo, não sei”, ele conclui. A segunda emenda é a que garante ao cidadão o direito ao porte de arma, usualmente justificada como um meio da população de se defender contra um eventual estado tirânico.

USA-ELECTIONS/TRUMP

Ainda que possa se tratar somente de mais um comentário impensado ou mesmo uma brincadeira de mau gosto, sugerir o assassinato de um presidente é crime, envolvendo até mesmo o serviço secreto – que tem como dever defender a vida de um presidente, oferecendo para tal a própria vida se for preciso.

TrumpL1

A assessoria de Trump não se pronunciou sobre o comentário, mas basta reparar na reação do homem de barba branca e camiseta vermelha, ao fundo à direita de Trump no vídeo para confirmar que todos imediatamente entenderam o que quis dizer a fala do candidato – assim como a gravidade de sua sugestão. Aonde a falta de escrúpulos e bom senso de Donald Trump vai parar ainda é uma incógnita. Importante é que não pare dentro da Casa Branca.

TrumpL3

© fotos: divulgação

Leia também:

As jogadas de Trump no Brasil e as revelações dos Panamá Papers

Donald Trump é formalmente nomeado candidato republicano para disputar Presidência dos EUA

Michelle Obama confronta slogan de Trump e rouba a cena em convenção democrata

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: