Chamada Pública: ReIntegrar com equidade de raça e gênero para egressos do sistema carcerário ACESSAR

General Colin Powell morre aos 84 anos em decorrência da Covid-19

Autor: Devan Cole Data da postagem: 10:00 18/10/2021 Visualizacões: 320
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Colin Powell/Reprodução: CNN

Powell fez história ao se tornar o primeiro afro-americano a servir como Secretário de Estado; ele foi nomeado por George W. Bush em 2001

Colin Powell, o primeiro secretário de Estado negro dos Estados Unidos cuja liderança em vários governos republicanos ajudou a moldar a política externa americana, morreu devido a complicações causadas pela Covid-19, revelou sua família por meio das redes sociais nesta segunda-feira (18).

Powell tinha 84 anos. O comunicado da família ressalta que ele foi “um marido, pai e avô notável e amoroso, além de um grande americano”.

“O general Colin L. Powell, ex-secretário de Estado dos EUA e presidente do Estado-Maior Conjunto, faleceu esta manhã devido a complicações da Covid-19. Ele foi totalmente vacinado. Queremos agradecer à equipe médica do Walter Reed National Medical Center por seu tratamento cuidadoso. Perdemos um marido, pai, avô notável e amoroso e um grande americano”, diz o comunicado.

Powell foi nomeado Secretário de Estado por George W. Bush em 20 de janeiro de 2001, após ser confirmado por unanimidade pelo Senado dos Estados Unidos.

Ele permaneceu no cargo por quatro anos e saiu em 26 de janeiro de 2005. Powell fez história ao ser o primeiro afro-americano a servir como Secretário de Estado.

Filho de imigrantes jamaicanos, Powell nasceu em 1937, no bairro de Harlem, em Nova York.

Ele iniciou o serviço militar no City College of New York, ingressando no Reserve Officer Training Corps (ROTC). Em 1958, Powell se tornou segundo-tenente no Exército dos EUA.

Durante seus 35 anos no Exército, ele serviu duas vezes no Vietnã, atuou na Alemanha Ocidental e na Coreia do Sul, além de atuar como Conselheiro Adjunto de Segurança Nacional do presidente Ronald Reagan em 1987 e, em seguida, Conselheiro de Segurança Nacional de 1988 a 1989.

Em 1989, ele foi promovido para o posto de general e foi nomeado por Bush para o cargo de presidente do Estado-Maior. Nos quatro anos em que Powell serviu nessa posição, ele supervisionou 28 crises, incluindo a Operação Tempestade no Deserto em 1991.

Após sua aposentadoria em 1993, ele e sua esposa, Alma Powell, fundaram uma organização chamada America’s Promise, que promove ajuda a crianças em situação de risco. Ele foi nomeado Secretário de Estado por Bush em 2001.

Curta a nóticia:
Curta o CEERT:

Leia também