EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Em 4 semanas, mortes de pretos e pardos por Covid-19 passam de 32,8% para 54,8%

Autor: Redação G1 Data da postagem: 14:00 19/05/2020 Visualizacões: 91
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Em 4 semanas, mortes de pretos e pardos por Covid-19 passam de 32,8% para 54,8%/Reprodução: Sul 21

Brancos, no entanto, ainda representam a maioria das hospitalizações pela doença. Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (18).

Internações e mortes por Covid-19 — Foto: Cido Gonçalves/G1

A porcentagem de pacientes mortos por Covid-19 entre os pretos e pardos passou de 32,8% para 54,8% entre 10 de abril e 18 de maio, um período de quatro semanas. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (18) pelo Ministério da Saúde.

Já a porcentagem de pacientes brancos hospitalizados pela Covid-19, mesmo que em queda no mesmo período, é a maior: 51,40%. Os pretos e pardos, mesmo que tenham um índice maior no número de mortes, representam 46,7% das internações pela doença.

Esta nomenclatura de raça/cor é a mesma utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): pretos e pardos são categorias diferentes e, juntos, podem ser classificados como negros.

Situação no país

O ministério também divulgou nesta segunda seu mais recente balanço de mortes e casos confirmados de Covid-19 no Brasil. Os principais dados são:

  • 16.792 mortes, eram 16.118 no domingo
  • Em 24 horas, foram mais 674 novas mortes registradas
  • 254.220 casos confirmados, eram 241.080 casos no domingo
  • Em 24 horas, foram mais 13.140 casos

De acordo com o ministério, 136.969 pacientes estão em acompanhamento (53,9% do total) e 100.459 estão recuperados (39,5%).

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: