Chamada Pública: ReIntegrar com equidade de raça e gênero para egressos do sistema carcerário ACESSAR

O ‘vírus da desigualdade’ continua mais evidente do que nunca

Autor: Vagner de Alencar Data da postagem: 12:00 01/02/2021 Visualizacões: 131
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Moradias em favela da Brasilândia/Imagem: Léu Britto - Agência Mural

Nem nos poucos filmes de ficção científica que ora ou outra costumo assistir, imaginaria um dia ver o mundo inteiro em luta contra um vírus que se espalhou (e continua) como rastro de pólvora. Em todo o planeta, mais de dois milhões de pessoas perderam suas vidas para a Covid-19; no Brasil, esse número chega a mais de 220 mil vítimas.

Dez meses se passaram desde a primeira morte pelo coronavírus no país, em 12 de março de 2020, em São Paulo, cuja oficialização da quarentena no estado foi decretada uma semana depois.

Leia mais em https://mural.blogfolha.uol.com.br/2021/01/28/o-virus-da-desigualdade-continua-mais-evidente-do-que-nunca/

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: