EDITAL EQUIDADE RACIAL

ACESSAR

Judiciário precisa frear racismo nas abordagens policiais

Autor: Hugo Leonardo, Guilherme Carnelós e Marina Dias Data da postagem: 16:00 16/10/2020 Visualizacões: 132
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Judiciário precisa frear racismo nas abordagens policiais/Reprodução: Folha de S. Paulo

Modelo em prática no Brasil é carta branca para ações discriminatórias

Uma decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos (Corte IDH) pode mudar regras sobre abordagens policiais, que passam a ser consideradas arbitrárias caso não encontrem motivação em elementos objetivos e verificáveis aos olhos da Justiça.

A sentença contra o Estado argentino por duas diferentes detenções ilegais ocorridas em 1992 e 1998, em Buenos Aires, vale para todos os países sob a jurisdição do tribunal, incluindo o Brasil. O caso Fernández Prieto & Tumbeiro vs. Argentina, julgado no dia 1º de setembro, trata de abordagens policiais justificadas apenas por “atitude suspeita” (a “fundada suspeita” no Brasil).

Leia mais em https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2020/10/judiciario-precisa-frear-racismo-nas-abordagens-policiais.shtml

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: