Educação Básica - Projetos e Artigos científicos ACESSAR

Negros e jovens: perfil de vítimas de assassinatos é retrato da desigualdade

Autor: Redação A Gazeta Data da postagem: 13:00 14/09/2021 Visualizacões: 50
Curta a nóticia:
Curta o CEERT:
Homem mostra cápsulas encontradas em local de assassinato em Inhanguetá, em Vitória/Crédito: Kaique Dias - Reprodução - TV Gazeta

O perfil predominantemente negro dos assassinados no ES aponta para a necessidade de políticas públicas mais eficientes e agregadoras, assim como o combate ao caráter estrutural do racismo 

De 2009 a 2019, o homem jovem e negro foi a vítima majoritária de homicídios no Espírito Santo, perfil traçado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública no Atlas da Violência 2021. Em números, dos 16.796 assassinatos registrados no período, 8.962 das mortes foram de homens de 15 a 29 anos, o equivalente a 53,35% dos casos. Já os negros foram vítimas de 13.089 assassinatos, quase 78% dos crimes. Não houve recorte de faixa etária nessa estatística.

Leia mais em https://www.agazeta.com.br/editorial/negros-e-jovens-perfil-de-vitimas-de-assassinatos-e-retrato-da-desigualdade-0921

 

Curta a nóticia:
Curta o CEERT: