Programa Melhoria da Educação

A partir da premissa de que as ações de combate à segregação racial, sexismo, entre outras mazelas sociais, precisam de reforço nos diferentes espaços da educação pública, o CEERT desenvolveu a Tecnologia Educacional Gestão da Educação para Equidade Racial no escopo do Programa Melhoria da Educação para apoiar os gestores a entender as questões e planejar atividades que permitam a apropriação de conhecimentos de forma equânime é fundamental.

Essa tecnologia foi aplicada em 2021 em formações abordando o tema da educação para a equidade racial com professores da rede municipal de Itapevi, na Região Metropolitana de São Paulo.

O Programa Melhoria da Educação oferece tecnologias educacionais em percursos formativos gratuitos e a distância para profissionais das redes de ensino de todo o país, a partir do fortalecimento das secretarias municipais de educação.

Para apoiar as secretarias e fazer com que esses fatores estejam presentes nos municípios, o Itaú Social desenvolveu as chamadas tecnologias educacionais, soluções ou caminhos testados e aprovados e que, se colocados em prática, promovem significativo impacto na aprendizagem e equidade da oferta educacional nos municípios brasileiros.

As Tecnologias Educacionais do Programa Melhoria da Educação são caminhos testados, aprovados e que, se colocados em prática, promovem significativo impacto na aprendizagem e equidade da oferta educacional nos municípios brasileiros. Elas podem ser utilizadas por todas as secretarias municipais de educação, de forma autônoma e com possibilidade de adaptá-las para responder a contextos variados.

O CEERT do Programa Melhoria da Educação que, desde 1999, apoia municípios e territórios para a garantia de padrões mais elevados de qualidade e equidade no acesso, permanência e aprendizado das crianças, adolescentes e jovens.

O objetivo da formação é apresentar conteúdos que promovam o aumento do conhecimento das professoras e coordenadoras pedagógicas sobre a organização de espaços educacionais e o uso de materiais que promovem a equidade racial na educação infantil.

O aplicativo ENI foi formulado para se tornar um programa de intervenção embasado em discussões teórico-metodológicas sobre desenvolvimento e avaliação de programas propostos no âmbito da plataforma de pesquisa e desenvolvimento do Center on the Development Child da Universidade de Harvard apoiada em uma iniciativa denominada Frontiers of Innovation (FOI) que visa acelerar o desenvolvimento e a adoção de inovações com base científica que abordem diretamente os desafios e problemas vivenciados por crianças, famílias e seus cuidadores, oferecendo apoio para superação.